25/05/2022 às 11h54min - Atualizada em 25/05/2022 às 11h54min

Região de João Pessoa está sob ‘alerta vermelho de grande perigo’ para chuvas

Coordenador da Defesa Civil foi notificado sobre situações de risco em Mangabeira, Gramame, Colibris, Colinas do Sul e Valentina

Portal Correio
Foto: Reprodução/TV Correio
A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de João Pessoa está mapeando áreas que registraram inundações de casas durante as chuvas das últimas horas. À TV Correio, o coordenador do órgão, Kelson Chaves, falou que foi notificado sobre situações de risco em Mangabeira, Gramame, Colibris, Colinas do Sul e Valentina.

“Existem bairros que sofrem com problema de drenagem e de fato estão com casas alagadas. Estamos catalogando essas situações para distribuir equipes da Defesa Civil e ajudar essas pessoas. Temos várias notícias de situação delicada na cidade. Esses pontos serão visitados ao longo do dia”, informou Kelson Chaves, à TV Correio.

Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram grande acúmulo de água nos bairros Muçumagro e Colinas do Sul, em João Pessoa, e Jacaré, em Cabedelo, na região metropolitana. Moradores se mobilizaram para tentar jogar água para fora de casa.

Chuvas vão continuar

Na manhã desta quarta-feira (25), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou alerta vermelho (grande perigo) de acumulado de chuva para João Pessoa, Alhandra, Bayeux, Caaporã, Cabedelo, Conde, Cruz do Espírito Santo, Juripiranga, Lucena, Pedras de Fogo, Pitimbu, Santa Rita e Sapé.

O alerta vermelho é o mais severo na escala do Inmet para previsão de eventos meteorológicos. Conforme o aviso, o volume de chuvas deve ser superior a 60 milímetros por hora ou até mesmo acima de 100 milímetros por dia.

Há expressivo risco de grandes alagamentos e transbordamentos de rios e grandes deslizamentos de encostas, como já aconteceu na manhã desta quarta, na Barreira do Castelo Branco.

Em caso de emergência, a população deve acionar o Corpo de Bombeiros (telefone 193) ou a Defesa Civil (telefone 199). Na Capital paraibana, a Defesa Civil também disponibiliza os telefones 0800 285 9020 ou 98831-6885 (WhatsApp). O serviço funciona 24 horas.

De acordo com o Inmet, durante o temporal, é recomendável que a população siga as seguintes instruções:
  • Desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia
  • Observe alteração nas encostas
  • Permaneça em local abrigado
  • Em caso de situação de inundação, ou similar, proteja seus pertences da água envoltos em sacos plásticos

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »