07/07/2021 às 18h21min - Atualizada em 08/07/2021 às 00h00min

Dinamismo na hora de provar roupas: solução da Mozaiko usa tecnologia para criar provadores inteligentes

As cabines turbinadas com a solução da empresa do Grupo Stefanini permitem que o usuário consiga ver a disponibilidade de cores, tamanhos, quantidade de peças presentes na loja e, a partir de um clique, pode solicitar o item a um vendedor

SALA DA NOTÍCIA Carolina Amaral
Vivemos em um mundo digital em que a agilidade virou um ponto decisivo na hora de contratar um serviço ou comprar um produto. Por isso, buscar formas de otimizar a experiência do cliente pode ser o diferencial necessário para conquistar o consumidor. Pensando nisso, a Mozaiko, empresa de analytics do Grupo Stefanini que integra dados em tempo real e utiliza inteligência artificial para simplificar processos do varejo, criou os provadores inteligentes .
Com o intuito de facilitar a experiência de prova de roupas e dar maior comodidade aos consumidores, a solução da Mozaiko foi estruturada para que em poucos cliques o cliente tenha em mãos os produtos desejados e as informações necessárias para a compra das peças. "Ao entrar no provador, o cliente tem uma tela, na qual consegue ter acesso rapidamente a uma série de dados, como o valor das peças que levou para experimentar, as cores e tamanhos disponíveis, a quantidade presente na loja e com o quê combiná-las. Além disso, é possível acionar um atendente por meio da tela, que irá entregar o produto desejado, caso os que ele tenha levado até o provador não tenham servido ou sido de seu agrado. O usuário consegue fazer todo esse processo de dentro da cabine, sem precisar entrar em contato com o vendedor ou se deslocar pela loja, otimizando seu tempo", conta George Millard, CEO da Mozaiko.
Além da comodidade para o consumidor, a vantagem da solução para os lojistas é a captura de informações de conversão. Com os provadores inteligentes, eles conseguem ter indicadores que permitem que os vendedores posicionem melhor os produtos para estimular a venda das peças e torná-las mais atrativas. "Vamos supor que o cliente entrou com 10 peças no provador e no final comprou dois itens. Esse dado possibilita ao lojista ver quais peças entram e são vendidas e quais entram várias vezes e não são convertidas em venda. Dessa forma, ele pode buscar possíveis soluções, como ajustar a maneira que elas são apresentadas na loja para obter sucesso nas vendas", explica George.
Para viabilizar todo esse processo, é preciso ter etiquetas de RFID (Radio Frequency Identification), que permitem o rastreamento das peças durante toda a cadeia de produção, desde a fábrica até a loja. Essa tecnologia promove a conexão entre o mundo físico e digital, auxiliando as empresas do varejo em sua movimentada operação de estoque. A Mozaiko também oferece a implementação desse tipo de etiqueta nos varejistas.
"Com esse sistema, ganha-se uma enorme vantagem competitiva, pois o proprietário consegue ter o conhecimento com precisão do que ele tem em seu ponto de venda e onde está localizado. A solução garante que o inventário físico seja o mesmo que do inventário real. Na ponta, o vendedor tem a informação muito fidedigna de onde está o produto, quanto dele tem e em quais tamanhos. Assim, o consumidor não perde tempo buscando-o e o lojista consegue fazer a conversão de venda de acordo com a expectativa do cliente", revela o CEO da Mozaiko.
Os provadores inteligentes e as etiquetas de RFID dão ferramentas para o time de vendas prestar um atendimento melhor, mais ágil e mais customizado, além de capturar diversas informações em tempo real que são retroalimentadas para a empresa, e, em cima delas, conseguir ajustar a grade de loja de maneira mais eficiente.
"A integração das soluções da Mozaiko permite atingir 98% de precisão na acurácia de estoque, em qualquer ponto da cadeia. Elas também ajudam na redução de perda, diminuindo-as em pelo menos 80%. Já em relação aos custos, é possível atingir uma média de redução de 20%. Nas vendas, os varejistas têm um aumento médio de pelo menos 8%, pois tem certeza de que possuem o produto no lugar certo e na hora certa", aponta George.
Atualmente, a Hering já faz uso dos provadores inteligentes ofertados pela Mozaiko, por meio das etiquetas de RFID. A Lez a Lez é outra marca que oferece as vantagens das cabines integradas com a solução. "Acabamos de fechar um contrato com um grande varejista de vestuário, que terá toda a cadeia produtiva e de suprimentos amparada pelas nossas tecnologias. A integração será realizada em breve e poderemos compartilhar os resultados alcançados", finaliza o CEO da Mozaiko.
Para conhecer mais sobre os serviços e possibilidades de otimização que a Mozaiko oferece, acesse: https://mozaiko.io/en/.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »