11/11/2022 às 19h10min - Atualizada em 12/11/2022 às 00h00min

Projeto circense impacta centenas de crianças em escolas públicas de Campo Largo

A ação foi viabilizada pela Cocel por meio do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura, o PROFICE

SALA DA NOTÍCIA Livia Zeferino
Divulgação
Dados do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) divulgados pelo MEC (Ministério da Educação) já comprovam que as atividades extracurriculares, além de contribuírem com o desenvolvimento intelectual, cognitivo e social das crianças, também afetam positivamente o desempenho escolar. Centenas de alunos da rede pública de ensino de Campo Largo vivenciaram isso na prática nos anos de 2021 e 2022 por meio do projeto Circo Maker.

A ação – que contou com o patrocínio da Cocel e foi realizada com o apoio do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (PROFICE) da Secretaria da Comunicação Social e da Cultura do Estado do Paraná – impactou mais de 1,9 mil estudantes da cidade entre o segundo semestre de 2021 e o mês de outubro de 2022. Foram 370 crianças beneficiadas com 16 oficinas circenses gratuitas e 1,6 mil atingidas com apresentações artísticas com entrada franca.   

Equilibrismo, malabarismo, acrobacia e mágica. Diferentes linguagens circenses foram ministradas aos alunos por meio do projeto Circo Maker. A ação, que mistura a arte circense com o movimento maker (faça você mesmo), além do aprendizado das técnicas citadas, ensina as crianças a construírem seus próprios equipamentos de circo com objetos reaproveitados do cotidiano. Bolinhas de malabares são criadas com balões, claves com cabos de vassoura e garrafas pet, prato chinês com tecidos, entre outras reciclagens.

Ao final das oficinas, os alunos criaram vínculos entre si e dominaram alguns movimentos circenses, sendo incentivados a construírem pequenos espetáculos para serem apresentados a todos os alunos. “Eles desenvolveram muito a criatividade ao longo do processo. Na mostra artística, eu os direcionei, mas muito do que eles apresentaram veio deles, eles criaram os próprios números”, afirma o professor das oficinas, Alexandre Tosin Gabardo.

Incentivo à Educação e à Cultura em Campo Largo

A Companhia Campolarguense de Energia (Cocel) tem entendido que, como uma companhia campolarguense, seu papel vai além de distribuir energia, e tem direcionado suas ações de responsabilidade social a iniciativas voltadas à educação e à cultura no intuito de colaborar com o desenvolvimento do município. Em 2022 foram 12 projetos apoiados diretamente pela Cocel, entre sociais, esportivos e culturais.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »