03/04/2023 às 20h19min - Atualizada em 04/04/2023 às 00h00min

Vem aí o EP “Pontes – Parte 2” – Um projeto de Ton Carfi no qual o trap gospel constrói pontes

O cantor fala da pré-produção e das expectativas para este novo álbum que será lançado em abril de 2023

SALA DA NOTÍCIA Bruno Fonseca
https://www.portalsaldaterra.com.br/
Marcelo Kodato

Continuando a construir pontes para agregar e conduzir pessoas a Jesus, o cantor e compositor Ton Carfi prepara um álbum especial no estilo trap. Isso mesmo, o EP “Pontes – Parte 2” é diferenciado e carrega a marca de excelência de todos os trabalhos do cantor.

Com lindas letras e melodias, o “Pontes – Parte 1” teve ótima repercussão. Ton relembra: “Fizemos algumas músicas mais violão e voz, mais acústicas, algumas com banda, mas mantendo a essência de canções que tocam a alma, o coração das pessoas. A canção ‘O Não de Deus’, que, inclusive, fizemos um videoclipe lindo, está sendo tema de pregações, de mensagens e de posts no Instagram das pessoas. É um retorno muito positivo e estamos muito felizes com isso”, declara Ton.

O cantor comenta que os bastidores da pré-produção do EP “Pontes – Parte 2” tem sido leve e divertido, sem pressão, pressa ou perfeccionismo: “Vamos ao estúdio e criamos uma música, uma letra na hora. Então, vamos conversando, mudando muitas coisas durante o processo, pois queremos que realmente seja a vontade de Deus o que prevaleça neste álbum. Se alguma parte da letra não estiver falando o que precisa, já mudamos logo, sem resistência nenhuma. Faremos quantas mudanças Deus quiser que façamos nesse projeto. Vamos conversando, eu, Ricardo Porpeta (manager) e o Felipe (music maker, produtor musical) e vamos definindo algumas coisas, como as participações especiais, a exemplo do Jamil, um garoto do Rio de Janeiro, muito talentoso, que canta funk cristão e está indo para o trap cristão também. E é isto, está sendo muito interessante, divertido e tranquilo, assim como Jesus quer que seja.”

Ton esclarece que o trap é uma vertente do rap, vertente e não evolução do rap: “Uma vertente porque o rap continua existindo e vai voltar com muita força. E o rap é também uma vertente do R&B, da black music, da soul music e do próprio funk. Em minhas músicas, gosto de surfar dentro desse aspecto. O trap hoje é a vertente da black music e do rap mais ouvida no mundo e está se tornando a mais ouvida no Brasil. Contudo, está longe de ser a mais ouvida na música gospel. Assim, minha motivação para gravar este álbum não é financeira nem mercadológica. Podemos ver os números do YouTube, dos streamings nos quais os artistas mais ouvidos no gospel são do pentecostal e worship; o trap está nas últimas colocações. Meu objetivo é alcançar pessoas para Jesus. Sempre construindo pontes.”

Quanto ao repertório, Ton explica que é sempre algo muito importante, mas, principalmente neste álbum. Eles estão se esmerando para que este álbum tenha uma linguagem mais acessível para as pessoas que não são cristãs: “O cristão vai gostar, identificar a mensagem e entendê-la. Mas, nesta proposta, eu quero que a pessoa que não é cristã ouça sem o muro da religião, sem a resistência do tipo, ‘esta música é religiosa, não vou ouvi-la’. Eu não quero isso! Quando começar a ouvir o repertório, ela já vai perceber uma música feita para o cotidiano. Contudo, de maneira mais acessível, Deus está em todas as músicas. Uma delas tem uma letra mais profunda, em termos de espiritualidade, mas as outras têm uma linguagem mais urbana, na linguagem do trap. E, para alcançar essas pessoas, em algumas canções, em cuja letra eu percebia não estar conseguindo me comunicar com esse público, contamos com compositores que somente compõe trap, para nos ajudar nessa questão.”

Ton Carfi ressalta que este álbum terá mesmo a sua essência como adorador e seguidor de Jesus. “Evangelho de Cristo deve construir pontes e não muros. Eu sempre acreditei e continuo acreditando nisso! Desconstrução de muros e construção de Pontes, sempre. Um muro separa, a ponte une! Podemos ouvir um discurso religioso dizendo que temos de erguer um muro contra o pecado’. Sim, exatamente contra o pecado, mas não contra o pecador. Aliás, Jesus rompeu as barreiras entre o céu e a terra para estar perto do pecador, para construir pontes, alcançar e salvar o pecador. O véu do templo foi rasgado para que o homem pudesse ter acesso a Deus e Deus pudesse habitar no homem. Vejam, o muro de Berlim, na Alemanha, que dividiu o país. A sua queda trouxe um benefício enorme para aquela nação. Então, vamos criar pontes, derrubar os muros, tudo que nos divide, porque maior é aquele que nos une, Jesus, aquilo que nos divide, o nosso arqui-inimigo.”

Ton Carfi está na lista dos artistas mais expressivos do segmento gospel. Ele deixa uma mensagem especial ao público para este próximo lançamento, o EP “Pontes – Parte 2”: “O objetivo maior deste EP é transmitir a mensagem, especialmente ao público jovem, de que precisamos deixar de ser desagregadores. Já vivemos muitos períodos de guerra, segregação e escravidão, mas o Evangelho de Cristo não veio para isso. Eu faço música para alcançar as pessoas que estão lá fora. Graças a Deus, são milhares de testemunhos que nos chegam. E este é mais um trabalho com o qual eu acredito que isso vai acontecer. Que Deus abençoe a cada um que ouvir este EP. Paz!” (Ton Carfi)

Siga Ton Carfi nas Redes Sociais!
Instagram

Facebook
Twitter
YouTube

Acompanhe as novidades da BeMusic no Instagram

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa BeMusic


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »