20/06/2023 às 22h25min - Atualizada em 21/06/2023 às 00h00min

A Casa de Bambas sela parceria com Instituto PHI, Banco da Providência e Stone, oferecendo o programa (Re) conquista com o projeto "Empreendedorismo em Alta” para mulheres moradoras de Cidade Alta

Interessados poderão aprender sobre moda, manicure e artesanato sustentável

SALA DA NOTÍCIA Deborah Goi
Bradart Comunicação
Divulgação
Moradores dos arredores da Cidade Alta, maiores de 18 anos, que pretendem atuar como empreendedores da Moda, manicure ou artesanato sustentável, poderão participar do Programa Reconquista, que ensinará o ofício, promovendo após o curso encaminhamento para o mercado de trabalho. As inscrições terão início no dia 16 de junho, na secretaria da A Casa de Bambas.

O (Re) Conquista é um programa de formação empreendedora do Banco da Providência, Stone e Instituto PHI, que será implantado na A Casa de Bambas, apoiando moradores da região de Cidade Alta, sub bairro de Cordovil, na Zona Norte do Rio de Janeiro, que poderão aprender uma profissão, focadas no empreendedorismo, para que possam conquistar sua independência financeira.

Serão 30 vagas, sendo 10 para cada curso, de moda, manicure e artesanato sustentável, e todas, além de aprenderem sobre o nicho escolhido, ainda serão ministradas sobre os temas socioemocionais e formação empreendedora. Após a conclusão dos cursos, os 10 alunos destaques receberão aporte de R$1.500 para iniciar seu micro negócio.

Para Janaína Bemvindo, gestora da ACA, parcerias como estas têm grande importância no crescimento de mulheres em vulnerabilidade social, que ganham uma oportunidade para iniciar um trabalho, construindo sua própria fonte de renda.

A Casa de Bambas nasceu em 2019, fruto dos sonhos de um mundo mais justo de José Romildo dos Santos (Mestre Jagunço) e Janaína BemVindo (a Jana). Ambos com origens distintas – ela, a garota da cidade grande e ele, oriundo de uma aldeia indígena do interior do Brasil – porém, com um incômodo em comum, a desigualdade social no subúrbio carioca. Desde então o casal promove atividades que buscam o empoderamento sociocultural das favelas, proporcionando aos interessados, uma extensão cultural, integral e social, atendendo as comunidades de Cordovil, Cinco Bocas, Pica Pau, Parada de Lucas e Cidade Alta, onde mulheres em vulnerabilidade social, que buscam transformar suas vidas com moda, desenvolvem suas habilidades com diversas iniciativas.

“Queremos ajudar o morador da periferia a alcançar uma mentalidade ampla, dando mecanismos para que saiam da zona de conforto e vitimismo, ajudando-os a encontrar um lugar no mercado de trabalho, conquistando sua independência, que os interessados nos três ofícios que estamos oferecendo, possam nos procurar para esta importante oportunidade”, conta.
 
Dentre os professores, está Marcio Matias, ele quem ministra as aulas de moda. Nascido e criado na favela da Maré, apaixonado por moda, busca incentivar as alunas com sua bagagem acumulada durante anos. Ele, que sempre gostou de moda, achava que a profissão fosse algo inalcançável, mas, começou seus estudos também em uma oficina da comunidade, e não desistindo, conseguiu seu lugar no mercado. Agora, é ele que incentiva outras pessoas a entrarem neste mercado.
Serviço:
Início das inscrições: 16 de junho
Inscrição: Na secretaria da ACA

Conheça mais sobre a ACA através do site: https://acasadebambas.org/
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »