28/06/2023 às 21h11min - Atualizada em 29/06/2023 às 00h00min

Envelhecer é natural, mas problemas na pele causados pela idade precisam ser tratados: você sabe os mais comuns?

Rugas, linhas finas e pele seca são sinais comuns de envelhecimento

SALA DA NOTÍCIA Antônio Cláudio
Freepik

À medida que envelhecemos, nossa pele perde elasticidade, umidade e colágeno, levando à formação de rugas e linhas finas.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o envelhecimento da pele também está relacionado a fatores externos e ao estilo de vida adotado. A alimentação, exposição ao sol e até mesmo a poluição das grandes cidades diminuem a capacidade de renovação celular e da produção de colágeno e elastina, fazendo com que a pele apresente alguns sinais indesejados pela maioria das pessoas.

Felizmente, a adoção de alguns hábitos diários e de uma rotina de skincare regular podem contribuir para o tratamento de rugas, linhas finas e de pele seca, mantendo a pele saudável e jovem por mais tempo. 

Pensando nisso, separamos a seguir algumas dicas de cuidados para que homens e mulheres mais velhas que tenham a pele com essas características possam seguir para ter uma cútis mais saudável e bonita. Não deixe de conferir!

O que causam as rugas e as linhas finas?

As rugas e as linhas finas de expressão - aquelas temidas marcas que surgem no rosto com o passar dos anos - são causadas, principalmente, pela própria movimentação repetitiva dos músculos faciais, como também pela perda da elasticidade e do volume da pele.

A diferença entre ambas é que as linhas finas podem ser vistas quando fazemos algumas expressões com o rosto, enquanto que as rugas são estáticas e visíveis, ainda que não haja mudança na expressão facial.

De acordo com SBD, a partir dos 20 anos, o corpo humano começa a diminuir a produção de colágeno, a substância responsável por conferir elasticidade à pele.

A referida diminuição é de aproximadamente 1% ao ano, o que representa 10% a cada década. Contudo, após os 50 anos, há uma aceleração neste processo. Além disso, no caso das mulheres, nos cinco primeiros anos seguintes à menopausa, a perda pode atingir até 30%.

Desse modo, os especialistas afirmam que o surgimento das marcas na face é completamente natural e inerente ao próprio envelhecimento.

Entretanto, existem alguns fatores adversos que impulsionam o surgimento, como é o caso, por exemplo, da má alimentação, do tabagismo, do sedentarismo, do estresse, da poluição dos grandes centros urbanos, da má qualidade do sono, da baixa hidratação e da exposição ao sol sem a devida proteção.

E quanto à pele seca?

De mesmo modo que as rugas e linhas finas, a pele seca também é uma consequência intrínseca ao envelhecimento natural.

O ressecamento em decorrência da idade pode afetar qualquer tipo de pele: normais, secas, oleosas e mistas. Assim, não é porque a pele, a princípio, sempre foi oleosa, que com o passar dos anos não poderá se tornar seca.

Entre as principais características de uma pele ressecada pelo envelhecimento, destacam-se:

  • Sensação de estiramento;

  •  Formação de calos;

  • Descamação;

  • Coceira;

  • Rachaduras;

  • Formação de fissuras;

  • Aspereza.

Este ressecamento decorre majoritariamente de alterações fisiológicas nas funcionalidades da pele. A título exemplificativo, a função de barreira da cútis é enfraquecida, o que faz com que a pele perca mais facilmente a umidade, além de dificultar a proteção contra fatores externos capazes de alavancar ainda mais o ressecamento.

Há, ainda, alterações hormonais, predisposição genética e os já mencionados fatores externos que podem impulsionar a pele seca com o avanço da idade.

Como cuidar da pele seca, linhas finas e rugas?

Segundo os cirurgiões da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, existem alguns cuidados diários com a pele que permitem postergar a evolução dos sinais da idade, como o ressecamento, as linhas finas e as rugas.

Entre os cuidados mais recomendados, destacamos os principais:

Proteção Solar

O uso de protetor solar, embora seja o último na rotina de cuidados com a pele, é a etapa mais importante na prevenção e no tratamento do envelhecimento cutâneo.

De acordo com médicos do renomado Hospital Albert Einstein da capital paulista, o protetor solar, além de auxiliar a retardar o envelhecimento, é excelente na prevenção do câncer de pele, o tipo da doença mais comum em nosso país.

O protetor solar está disponível em duas formas básicas: química e física. Como os próprios nomes sugerem, no caso da fórmula química, a composição possui substâncias químicas que impedem a entrada dos raios solares e, no caso da fórmula física, a composição contém minerais que não são absorvíveis, que formam uma barreira física que, por sua vez, reflete a radiação.

São várias as opções à venda no mercado, para os mais diversos tipos de pele, preferência e bolso. Basta escolher qual utilizar e aplicar diariamente, logo pela manhã, e reaplicá-lo ao longo do dia, a cada três horas.

Hidratação

A hidratação da pele tem como objetivo repor a água das células, além de ser essencial no quesito firmeza cutânea.

Ela pode ocorrer tanto por meio do uso de séruns, fluidos, loções, cremes e até mesmo leites. São várias as opções no mercado, algumas delas, inclusive, com ativos como o ácido hialurônico e a vitamina C.

É recomendado que seja feita duas vezes ao dia, após a limpeza da pele ao acordar e ao finalizar o dia, antes de dormir.

Tratamentos noturnos

Existem alguns produtos à base de ácidos interessantes como um complemento à rotina básica de skincare, que inclui a limpeza, a hidratação e a proteção. Contudo, um dermatologista precisa ser consultado, para avaliar e indicar os produtos mais adequados para cada tipo de pele e as suas necessidades , uma vez que as composições não são unânimes para todos.

Qualidade de vida

Para finalizar, alguns hábitos não saudáveis, como a falta de sono, o estresse, o tabagismo, a má alimentação e o sedentarismo causam prejuízos não só para a saúde física, mas também para a aparência da pele.

Assim, a recomendação é buscar por uma melhora na sua qualidade de vida, seja no tempo que for!


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »