01/07/2023 às 18h41min - Atualizada em 02/07/2023 às 00h00min

Deic recupera joias avaliadas em R$ 600 mil furtadas em residência

Itens seriam comercializados em loja de shopping e casa de leilões na capital; funcionária da vítima foi presa pelo crime

SALA DA NOTÍCIA Governo do Estado de São Paulo
https://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/deic-recupera-joias-avaliadas-em-r-600-mil-furtadas-em-residencia/

Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) recuperaram, na tarde deste sábado (1), joias furtadas avaliadas em R$ 600 mil que seriam comercializadas em uma loja dentro de um shopping em Pinheiros, na zona oeste, e em uma casa de leilões, na zona Sul da capital.

O material apresentava queixa desde maio e foi subtraído de um imóvel em Higienópolis pela empregada da vítima que negava o crime. A ação aconteceu hoje (01).

O esclarecimento foi feito por policiais da 4ª Delegacia Patrimônio (Investigações sobre Roubo a Condomínio). O furto aconteceu entre final de abril e início da maio quando a dona das joias realizou uma viagem. A desconfiança sobre a autoria surgiu depois que a empregada deixou o imóvel com as roupas de trabalho e não mais voltou, inclusive deixando a própria bolsa no local. Dentro estava uma chave micha utilizada para abrir o compartimento onde estavam os objetos.

A equipe da 4ª Patrimônio passou a procurar pela suspeita até a sua localização no Jardim Raposo Tavares, no 21 de junho. Ela foi indiciada por furto qualificado. O destino das joias surgiu durante o anúncio de leilão de objetos de valor. Os policiais obtiveram autorização judicial para apreender os itens tanto na casa de leilões, no Morumbi, quanto na loja do shopping em Pinheiros, e respectivo escritório.

A equipe recuperou 29 joias, sendo 21 no escritório, sete peças na loja e uma na casa de leilões. Outros oito objetos estariam em consignação e devem ser devolvidos na segunda-feira feira (3).

O post Deic recupera joias avaliadas em R$ 600 mil furtadas em residência apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.



Fonte: www.saopaulo.sp.gov.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »