31/01/2022 às 11h50min - Atualizada em 31/01/2022 às 11h50min

Mesmo castigado, Whindersson empata luta com Popó

Youtuber e humorista de 27 anos enfrentou o tetracampeão boxe profissional Acelino ‘Popó’ Freitas, de 46

Portal Correio
Foto: Divulgação
Acabou em empate a luta exibição entre o youtuber e humorista Whindersson Nunes, de 27 anos, e o ex-lutador de boxe profissional Acelino ‘Popó’ Freitas, de 46. Com domínio total do tetracampeão mundial da modalidade, o espetáculo aconteceu na noite desse domingo (30), na cidade de Balneário Camboriú (SC).

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio
Conforme o R7, o evento organizado pelo prórprio Whindersson Nunes foi batizado de Fight Music Show e contou com a apresentação de músicos famosos e a presença de celebridades. Houve shows ao vivo do cantor Wesley Safadão e do humorista Tirulipa. Artistas, influenciadores digitais, esportistas, lutadores de boxe e MMA marcaram presença.

Nos últimos meses, o humorista treinou pesado para encarar o desafio de subir ao ringue para lutar contra Popó e exibiu na internet diversos detalhes da rotina de preparação para o combate.

Whindersson, que pratica boxe há cinco anos, revelou que o esporte o ajudou a superar uma depressão. Para o humorista e influenciador digital, desafiar o campeão Popó serviu para comemorar a recuperação.

Popó, por outro lado, está aposentado das lutas profissionais desde 2017 e contou não ter pensado duas vezes antes de calçar as luvas e o short de boxe novamente para enfrentar o jovem, que fez fortuna com a internet.

“Todo mundo disposto a ganhar o que eu ganho, ninguém disposto a perder o que eu perco”, disse Whindersson pelas redes sociais, antes de subir no ringue para enfrentar o ex-boxeador baiano.

O combate
Após tanto treinamento, o desafiante Whindersson Nunes esbanjou confiança antes do gongo soar, sinalizando o início da luta. O influenciador digital fez até dancinhas ao ser apresentado. Mas quando o combate teve início ficou bem claro quem passaria a ditar as ações e a dominar todos os espaços do ringue montado na cidade do litoral catarinense: Popó.

A luta começou bem movimentada com a iniciativa do pugilista baiano no ataque. Aos 46 anos,  Popó demonstrou técnica e preparo físico para amassar durante quase todo o primeiro round o desafiante 19 anos mais jovem.

O tetracampeão mundial reduziu o ritmo no segundo e no terceiro assaltos. Popó animou a plateia ao fazer brincadeiras enquanto trocava socos com Whindersson, por vezes cambaleante.

Em excelente forma, o humorista suportou bem e até conseguiu encaixar bons golpes nas poucas vezes que atacou o lutador baiano, mas quase foi à lona no sexto round depois de levar uma sequência de socos.

Whindersson só não caiu porque foi salvo pelo árbitro, que encerrou o sexto assalto antes do tempo e ao se recusar a iniciar a contagem. Isso tudo para preservar o desafiante e patrocinador do evento.

O juiz da luta garantiu, assim, que o humorista suportasse de pé até que fosse salvo pelo gongo encerrando o oitavo e último round do combate espetáculo.

No fim, todos demonstravam satisfação pelo sucesso do evento. Até mesmo Whindersson, com a cara amassada, pareceu feliz, mesmo tendo sido o patrocinador da sua própria surra.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »